Saúde Integral

10/04/2019 08h00

A autoestima e seus reflexos na relações

A forma como você se relaciona consigo mesma vai determinar como você se relaciona com o mundo.

Por Rosemari Johan

Nosso Bem Estar
Sec br iss 12932 01363

A autoestima e seus reflexos na relações

A autoestima determina tudo na sua vida. A forma como você se relaciona consigo mesma vai determinar como você se relaciona com o mundo. Só tendo consciência de como sua baixa autoestima atrapalha sua vida é que você vai conseguir mudar. Autoestima significa o quanto você se gosta, se aprecia. O quanto eu confio em mim. A aprovação incondicional de si mesmo é uma tarefa tão difícil, que existem poucas pessoas que realmente se amam de verdade.

Nossa construção emocional se dá com nossas vivências no transcorrer da vida. Todos nós temos uma criança ferida e a forma como a sentimos vai determinar como me relaciono comigo mesma e com o mundo. Daí vem o desejo de ser reconhecida e amada.

Excesso de autocrítica é uma das caraterísticas de pessoas com autoestima baixa. Não se sente boa o bastante para viver sua vida e ter os resultados que gostaria. A intolerância à frustação impede de lidar bem com os nãos da vida e gera o estresse.

Cada vez que você tem a iniciativa de fazer algo por você está se nutrindo, se alimentando e isso te torna mais segura, com um sentimento de amor próprio. Cada mulher é única e a beleza não acontece somente na forma física. Ela é um todo. Por isso, fazer psicoterapia, exercícios físicos, massagem, tratamentos de pele, redução de medidas, aplicação de laser para melhorar sua aparência, entre outros, vai ajudar você a mudar a forma como você se percebe e qual a imagem que você passa para os outros.

Reavalie suas companhias. Se você convive com pessoas negativas, que reclamam de tudo, saiba que é isso que você está nutrindo dentro de você. Mude essa atmosfera, busque pessoas positivas, alto astral.

Liste suas qualidades. Tudo que você gosta sobre você. Coisas das quais você se orgulha, para fortalecer a pessoa incrível e encantadora que você é.

Faça uma lista das suas conquistas. Lembre e escreva o que esqueceu, já viveu, superou e conquistou. Você acessa sua força inata e consegue lidar com as adversidades da vida. Contar com sua força te leva a te fortalecer e lidar com as adversidades de vida com mais leveza, firmeza e positividade.

Cuide de seu diálogo interior. Vigie seus pensamentos, pare de reclamar, de ver o negativo.

Exercite a gratidão, pois ela transforma. Quando sou grata, libero neurotransmissores que são responsáveis pela sensação de bem-estar, afeto e recompensa.

Se você se identificou com algumas dessas características busque ajuda. Hoje existem muitas formas de curarmos o padrão de escassez de amor por si mesma. A psicoterapia é um caminho que pode te ajudar a perceber a sua verdadeira beleza, sua unicidade, e  a poder reconhecer que nesse planeta você é única e especial. Que a linda mulher que existe em você possa se mostrar na sua totalidade, com toda a sua luz!

Rosemari Johan - Psicóloga Transpessoal e Sistêmica Familiar, de Casal e Individual.  Integrante do Colégio Internacional de Terapeutas, Participante do Movimento dos Guardiões do Amanhã por todas as nossas relações.

 

X